Paróquia Santa Luzia

Paróquia Santa Luzia
...

19 de abr de 2012

Via Lucis (Caminho da Luz, X estação)


Décima Estação
A Rocha

V. Nós Vos adoramos, ó Jesus Ressuscitado.R. Porque nos deste uma Vida nova.

Depois de terem comido, Jesus perguntou a Simão Pedro: «Simão, filho de João, tu amas-me mais do que estes?» Pedro respondeu: « Sim, Senhor, tu sabes que eu sou deveras teu amigo.» Jesus disse-lhe: «Apascenta os meus cordeiros.» Voltou a perguntar-lhe uma segunda vez: «Simão, filho de João, tu amas-me?» Ele respondeu: «Sim, Senhor, tu sabes que eu sou deveras teu amigo.» Jesus disse-lhe: «Apascenta as minhas ovelhas.» E perguntou-lhe, pela terceira vez: «Simão, filho de João, tu és deveras meu amigo?» Pedro ficou triste por Jesus lhe ter perguntado, à terceira vez: 'Tu és deveras meu amigo?' Mas respondeu-lhe: «Senhor, Tu sabes tudo; Tu bem sabes que eu sou deveras teu amigo!» E Jesus disse-lhe: «Apascenta as minhas ovelhas. Em verdade, em verdade te digo: quando eras mais novo, tu mesmo atavas o cinto e ias para onde querias; mas, quando fores velho, estenderás as mãos e outro te há-de atar o cinto e levar para onde não queres.» E disse isto para indicar o género de morte com que ele gavia de dar glória a Deus. Depois destas palavreas, acrescentou: «Segue-me!» (Jo 21, 15-19)

Meditação

Será que Jesus não nos faz a mesma pergunta: e tu, amas-me? Qual seria a nossa resposta? Que tipo de Amor é que temos a esse Jesus que tudo, até a própria vida deu por nós? Pedro era um homem duro de mãos calejadas do trabalho. E Jesus incide sobre ele o seu olhar. Aquele olhar profundo de quem ama incondicionalmente, e faz desse homem pescador de rosto queimado pelo sal e pelo sol e sobre essa pedra edifica a sua igreja. Jesus confia-lhe o Seu rebanho porque sabe que este está em boas mãos. Também connosco o mesmo continua a acontecer. Jesus entregou o Seu rebanho a um homem e nele colocou a graça de conduzir este rebanho, do qual fazemos parte e que é a Sua igreja. Esse homem é o Santo Padre. Ensinai-nos, Senhor, a seguir com o coração o pastor que escolheste para nos conduzir e a colaborar com ele, de coração, de modo a levar a Tua Igreja até ao homem que mais sofre e que precisa do Teu amor. Como a Pedro, nos dizes hoje, “Segue-me”. Pedimos a graça de corajosamente te seguir em cada dia.

V. Senhor, ensina-nos a amar-Te.
R. Dá-nos a coragem de Te seguir.

V. Senhor, ensina-nos a seguir-Te.
R. Dá-nos a coragem de Te seguir.

V. Senhor, ensina-nos a amar, cada vez mais, a Tua Igreja.
R. Dá-nos a coragem de Te seguir.