Paróquia Santa Luzia

Paróquia Santa Luzia
...

30 de dez de 2011

Recortes

Convém deixar o Senhor meter-se nas nossas vidas e entrar confiadamente sem encontrar obstáculos nem recantos obscuros.
Nós, os homens, tendemos a defender-nos, a apegar-nos ao nosso egoísmo. Sempre tentamos ser reis, ainda que seja do reino da nossa miséria. (S. Josemaría Escrivá. Cristo que Passa. n. 17)

29 de dez de 2011

Recortes

Quem vive da fé pode encontrar a dificuldade e a luta, a dor e até a amargura, mas nunca o desânimo nem a angústia, porque sabe que a sua vida serve, sabe para que veio a esta terra. Eu sou a luz do mundo; aquele que me segue não caminha às escuras, mas possuirá a luz da vida.(S. Josemaría Escrivá. Cristo que Passa)

O Carinho da Mãe

Detalhe da Obra "repouso na fuga para o Egito", de Caravaggio (1596)

27 de dez de 2011

Recortes

Enquanto a Sagrada Família descansa, aparece o Anjo a José, para que fujam para o Egito. Maria e José pegam no Menino e empreendem a caminhada sem demora. Não se revoltam, não se desculpam, não esperam que a noite termine...(São Josemaría Escrivá - Sulco, 999)

Recortes

O amor, o amor vê de longe. O amor é o primeiro a captar essas delicadezas. O Apóstolo adolescente, com o firme carinho que sentia por Jesus, pois amava a Cristo com toda a pureza e toda a ternura de um coração que nunca se corrompera, exclamou: É o Senhor! (S. Josemaría Escrivá, Amigos de Deus, 265)

25 de dez de 2011

Recortes

“Ontem Cristo foi envolvido em panos por nós; hoje, cobre Estêvão com a veste da imortalidade. Ontem uma estreita manjedoura sustentou Cristo-Menino; hoje, a imensidade do céu recebe Estêvão triunfante” (São Fulgêncio, Sermão 3)

24 de dez de 2011

Recortes

E Sua Mãe envolve-O em paninhos e reclina-O no presépio (Lc 11, 7) . Frio. – Pobreza. – Sou um escravozito de José. – Que bom é José! Trata-me como um pai a seu filho. – Até me perdoa, se estreito o Menino entre os meus braços e fico, horas e horas, a dizer-Lhe coisas doces e ardentes!... E beijo-O – beija-O tu – e embalo-O e canto para Ele e chamo-Lhe Rei, Amor, meu Deus, meu Único, meu Tudo!... Que lindo é o Menino... e que curta a dezena! (Santo Rosário, mistérios gozosos, 3)

23 de dez de 2011

Recortes

Grandeza de um Menino que é Deus! O Seu Pai é o Deus que fez os Céus e a Terra, e Ele ali está, num presépio, "quia non erat eis locus in diversorio", porque não havia outro lugar na Terra para o dono de toda a Criação! (S. Josemaría Escrivá. Cristo que Passa, 18)

22 de dez de 2011

Recortes

"Vai até Belém, aproxima-te do Menino, baila com Ele, diz-lhe muitas coisas vibrantes, aperta-o contra o coração... Não estou a falar de infantilidades: falo de amor! E o amor manifesta-se com fatos: na intimidade da tua alma, bem o podes abraçar!" (S. Josemaría. Forja, 345)

21 de dez de 2011

Recortes

“Abandona-te cheio de confiança no seu regaço materno, pede-lhe que te alcance esta virtude que Ela tanto apreciou; não tenhas medo de não ser atendido. Maria pedi-la-á a esse Deus que exalta os humildes e reduz os soberbos ao nada; e como Maria é onipotente junto de seu Filho, será ouvida com toda a certeza” (João Pecci, | Papa Leão XIII |, Prática da humildade, 56)

20 de dez de 2011

Recortes

Quando sentires o orgulho que ferve dentro de ti – a soberba! –, que faz com que te consideres um super-homem, chegou o momento de exclamar: – Não! E, assim, saborearás a alegria do bom filho de Deus, que passa pela terra com erros, mas fazendo o bem. (S. Josemaria Escrivá. Forja, 1054)

18 de dez de 2011

Recortes

“Ser pequeno. As grandes audácias são sempre das crianças. – Quem pede... a lua?
– Quem não repara nos perigos, ao tratar de conseguir o seu desejo?
– «Colocai» numa criança «dessas» muita graça de Deus, o desejo de fazer a Vontade dEle, muito amor a Jesus, toda a ciência humana que a sua capacidade lhe permita adquirir... e tereis retratado o caráter dos apóstolos de hoje, tal como indubitavelmente Deus os quer”. (S. Josemaría Escrivá, Caminho, n. 857)

17 de dez de 2011

Recortes

“Nesta noite de Natal, tudo para dentro de mim. Estou diante dEle; não há nada mais do que Ele, na branca imensidão. Não diz nada, mas está aí... Ele é Deus amando-me” (Jacques Leclercq, Siguiendo el año litúrgico, Madrid, 1957)

Santa Sé divulga Mensagem de Bento XVI para o Dia Mundial da Paz

LEIA A MENSAGEM NA ÍNTEGRA

16 de dez de 2011

Recortes

Quando tiveres de mandar, não humilhes: procede com delicadeza; respeita a inteligência e a vontade de quem obedece. (Forja, 727)

14 de dez de 2011

Tarde te amei


Recortes

Meu Deus, me ajude a viver isso...

“Essa frase feliz, a piada que não te escapou da boca, o sorriso amável para quem te incomoda, aquele silêncio ante a acusação injusta, a tua conversa afável com os maçantes e os inoportunos, o não dar importância cada dia a um pormenor ou outro, aborrecido e impertinente, das pessoas que convivem contigo... Isto, com perseverança, é que é sólida mortificação interior” (S. Josemaría Escrivá, Caminho, n 173)

Chama viva de amor...

Chama Viva de Amor

Kelly Patrícia

Letra de São João da Cruz
Música: Ir. Kelly Patrícia

Oh! Chama viva de amor que feres ternamente
De minha alma no seu centro mais profundo
Pois já não és esquiva, acaba agora se queres
Ah! Rompe a tela deste doce encontro

Oh! Cautério suave!
Oh! Regalada chaga!
Oh! Branda mão!
Oh! Toque delicado!

Que a vida eterna sabe
e paga toda a dívida
Matando, morte em vida me tens trocado.
Oh! Lâmpadas de fogo em cujos resplendores

As profundas cavernas do sentido
Estava cego e escuro com estranhos primores
Calor e luz dão junto a seu querido

Oh! Quão manso e amoroso, despertas em meio seio
Onde tu só secretamente moras
Nesse aspirar gostoso, de bens e glória cheio.

Quão delicadamente me enamoras
Quão delicadamente me enamoras
Quão delicadamente me enamoras

Recortes

"Dois homens olharam através das grades da prisão;
um viu a lama, o outro as estrelas."
(Santo Agostinho)

11 de dez de 2011

Recortes

“Não poderei descansar até o fim do mundo enquanto houver almas que salvar” (Santa Terezinha do Menino Jesus, Novisima Verba)

10 de dez de 2011

Recortes

“Quantas contrariedades desaparecem, se interiormente nos colocamos bem próximo desse nosso Deus que nunca nos abandona! Renova-se com diferentes matizes o amor que Jesus tem pelos seus, pelos enfermos, pelos paralíticos, e que o faz perguntar: – O que é que tens? – Sinto-me... E imediatamente luz ou, pelo menos, aceitação e paz”. (São Josemaría Escrivá, Amigos de Deus, n. 249)

 “O que é que tens?”, pergunta-nos o Senhor. E olhamos para Ele, e já não temos nada. Junto dEle, recuperamos a paz e a alegria.

9 de dez de 2011

Recortes

Aprendamos...
"que o segredo da felicidade conjugal está no quotidiano, não em sonhos. Está em encontrar a alegria escondida de chegarem ao lar; no trato afetuoso com os filhos; no trabalho de todos os dias, em que toda a família colabora; no bom-humor perante as dificuldades, que é preciso enfrentar com esportivismo; e também no aproveitamento de todos os avanços que nos proporciona a civilização, para tornar a casa agradável, a vida mais simples, a formação mais eficaz” (Josemaría Escrivá, Questões atuais do cristianismo, n. 91)

Recortes

«Senhor, na minha pobreza, na minha fragilidade, neste meu barro de vaso quebrado, Senhor, coloca-me uns grampos e – com a minha dor e com o teu perdão – serei mais forte e mais agradável à vista do que antes!» (S. Josemaría Escrivá, Amigos de Deus, n. 95)

7 de dez de 2011

Recortes

“Como nos teríamos comportado se tivéssemos podido escolher a nossa mãe? Penso que teríamos escolhido a que temos, cumulando-a de todas as graças. Foi o que Cristo fez, pois, sendo Onipotente, Sapientíssimo e o próprio Amor (1 Jo 4, 8), o seu poder realizou todo o seu querer” (Josemaría Escrivá, É Cristo que passa, n. 171)

Santa Luzia proteje os meus olhos...


Santa Luzia
(Carlos Bona)

Santa Luzia protege os meus olhos
Para que eu veja um mundo bem melhor
Onde haja fé e amor onde a esperança
Seja sempre o motivo maior

Quero ver justiça e solidariedade
Quero ver a luz da fraternidade
Quero ver um mundo mais igual
Quero ver o bem vencer o mal

Quero ver o sol brilhar para todos
Quero ver chegar a vez de quem não tem
Quero ver um sorriso em cada rosto
Quero ver a paz reinar, amém!

Recortes

“As mães não contabilizam os pormenores de carinho que os seus filhos lhe demonstram; nada pensam ou medem com critérios mesquinhos. Uma pequena manifestação de carinho, elas a saboreiam como mel, e extravasam-se, concedendo muito mais do que recebem. Se assim reagem as mães boas da terra, imaginai o que poderemos esperar da Nossa Mãe Santa Maria” (Josemaría Escrivá, Amigos de Deus, n. 280).

5 de dez de 2011

Recortes

Tanto te queres desapegar!
Tens medo de te tornares frio e duro para todos.
- Afasta essa preocupação. Se és de Cristo - todo de Cristo! - para todos terás! - também de Cristo - fogo, luz e calor.
(S. Josemaría. Caminho, 154)

O que podemos oferecer a Deus?

Uma tradição muito antiga relata uma aparição do Senhor a São Jerônimo: “Jerônimo, que me vais dar?” E o santo respondeu: “Oferecer-te-ei os meus escritos”. E Cristo respondeu-lhe que não era suficiente. “Que entregarei então? A minha vida de mortificação e penitência?” A resposta foi: “Também não me bastam”. “Que me fica por dar-te?”, perguntou São Jerônimo. E Cristo respondeu-lhe: “Podes dar-me os teus pecados, Jerônimo”.
(cfr. F. J. Sheen, Desde la cruz)

Daqui do meu lugar...

4 de dez de 2011

Recortes

Em carne viva. - É como tu estás. Tudo te faz sofrer nas potências da alma e nos sentidos. E tudo para ti é tentação...
Sê humilde, insisto. Verás como te tiram depressa desse estado. E a dor, transformar-se-á em alegria; a tentação, em segura firmeza.
(S. Josemaria Escrivá. Caminhos, 727)

1 de dez de 2011

Como podemos amar a Mãe de Deus?

Recortes

“entre os dons do Espírito Santo, diria que há um de que todos nós, cristãos, necessitamos especialmente: o dom da sabedoria, que nos faz conhecer e saborear Deus, e nos coloca assim em condições de podermos avaliar com verdade as situações e as coisas desta vida” (Josemaría Escrivá, É Cristo que passa, n. 133)