Paróquia Santa Luzia

Paróquia Santa Luzia
...

17 de mai de 2015

Segunda-feira da 7ª semana da Páscoa

(Jo 16,29-33)



Naquele tempo, 29os discípulos disseram a Jesus: “Eis, agora falas claramente e não usas mais figuras. 30Agora sabemos que conheces tudo e que não precisas que alguém te interrogue. Por isto cremos que vieste da parte de Deus”. 31Jesus respondeu: “Credes agora? 32Eis que vem a hora – e já chegou – em que vos dispersareis, cada um para seu lado, e me deixareis só. Mas eu não estou só; o Pai está comigo. 33Disse-vos estas coisas para que tenhais paz em mim. No mundo, tereis tribulações. Mas tende coragem! Eu venci o mundo!”

Comentário do dia: Liturgia caldeia. Hino do ofício do 2º dia do «Ba’oussa», de Santo Efrem (trad. do Conselho Pontifício para a Unidade dos Cristãos)

«Para que, em Mim, tenhais a paz»


Senhor, a tua misericórdia é eterna. Cristo, Tu que és todo misericórdia, dá-nos a tua graça; estende a tua mão e vem em auxílio de todos os que são tentados, Tu que és bom. Tem piedade de todos os teus filhos e vem em seu socorro; concede-nos, Senhor misericordioso, que nos refugiemos à sombra da tua proteção e sejamos libertos do mal e dos adeptos do Maligno.

A minha vida está crispada como uma teia de aranha. No tempo da desgraça e da perturbação, tornamo-nos como que refugiados e os nossos anos esmoreceram sob a miséria e as infelicidades. Senhor, Tu que acalmaste o mar com uma simples palavra, apazigua também, na tua misericórdia, as perturbações do mundo, sustenta o universo que oscila sob o peso das suas faltas.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Senhor, que a tua mão misericordiosa repouse sobre os crentes e confirme a promessa que fizeste aos apóstolos: «Estou convosco todos os dias até ao fim do mundo» (Mt 28,20). Sê o nosso socorro como foste o deles e, pela tua graça, salva-nos de todo o mal; dá-nos a segurança e a paz, a fim de Te darmos graças e adorarmos o teu santo Nome em todo o tempo.

Responsório (Sl 67)

— Reinos da terra, cantai ao Senhor.

— Eis que Deus se põe de pé, e os inimigos se dispersam! Fogem longe de sua face os que odeiam o Senhor! Como a fumaça se dissipa, assim também os dissipais, como a cera se derrete, ao contato com o fogo, assim pereçam os iníquos ante a face do Senhor!

— Mas os justos se alegram na presença do Senhor; rejubilam satisfeitos e exultam de alegria! Cantai a Deus, a Deus louvai, cantai um salmo a seu nome! O seu nome é Senhor: exultai diante dele!

— Dos órfãos ele é pai, e das viúvas protetor; é assim o nosso Deus em sua santa habitação. É o Senhor quem dá abrigo, dá um lar aos deserdados, quem liberta os prisioneiros e os sacia com fartura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário