Paróquia Santa Luzia

Paróquia Santa Luzia
...

23 de jun de 2015

Síria: Religioso sequestrado por extremistas obteve a liberdade com canções sobre Jesus

Irmão David Johnson. Foto ACI Prensa

DENVER, 22 Jun. 15 (ACI).

Por Mary Rezac

- Um religioso americano carmelita contou como conseguiu ser liberado pelos muçulmanos que o sequestraram na Síria; Ele cantou algumas canções em árabe, nas quais o protagonista era Jesus.
O irmão David Johnson tem 34 anos de idade, nasceu e cresceu no Colorado (Estados Unidos) e relatou como começou a sua história no monastério persa carmelita localizado em Qara. No princípio, ele chegou para estudar o idioma árabe e posteriormente decidiu ficar quando descobriu o chamado de Deus.
“Não sabia da existência de cristãos no Oriente Médio e de fato, quando me mudei para esta região, vi que existiam dois milhões de cristãos”, declarou o religioso durante um diálogo com o Grupo ACI em Denver.
Há três anos o Irmão Johnson estava na torre do mosteiro e viu um grupo de milicianos passar por ali. De maneira amigável os saudou e os muçulmanos se surpreenderam. Imediatamente se dirigiram ao lugar onde estava Johnson. Quando chegaram ao convento exigiram saber quem os saudou e quando souberam que era dos Estados Unidos o sequestraram, pois pensaram que poderia ser um espião.
Depois do sequestro, toda a comunidade começou a rezar: “Minha comunidade, em vez de entrar em pânico, foi à igreja e começaram a liturgia. Começaram a rezar, fizeram uma missa. Eu estava nas mãos de Deus e não sentia medo”, declarou o religioso.
Quando estava com seus sequestradores, o irmão David disse que começou a cantar em árabe sobre a ressurreição de Cristo. E que pouco a pouco foi ‘suavizando seus corações’.
“Eles me diziam que nunca tinham escutado isso antes e me pediam que cantasse novamente. Sendo assim cantei outra vez ‘Cristo ressuscitou dentre os mortos vencendo a morte e difundindo a vida entre as tumbas’”, disse o Irmão Johnson.
Os milicianos riam e aplaudiam. Logo decidiram devolvê-lo ao mosteiro. Antes disso, porém, tiveram a ideia de levá-lo ao resto do seu exército para que eles também ouvissem o religioso cantar.
“Abriram as portas do seu acampamento e me obrigaram a cantar sobre a ressurreição a um grupo de soldados… e começaram a aplaudir! Pensei que era um sonho, que estava em uma realidade alternativa!”, relatou o religioso ao grupo ACI.
O irmão David Johnson está seguro de que sua habilidade de cantar em árabe ajudou na sua libertação, mas foi através da oração de sua comunidade que os muçulmanos o puseram em liberdade.
“Rezemos, rezemos, rezemos e ponhamos nossa confiança em Sua sabedoria”, concluiu o religioso

Um comentário:

  1. Que lindo exemplo! estou emocionada, pela coragem e pela grande demonstração de fé deste religioso. Me fez lembrar aquela canção" Amar como Jesus amou", não sei se é esse o nome, mas remete bem essa história tão linda onde alguém apresenta Deus àqueles que não o conhece!Na simplicidade, na confiança, nos ensina, que, quem tem Deus no coração não deve nunca temer, mesmo que seja a pior das tempestades! Fique no colo de Nossa Senhora, Padre, obrigada pela oportunidade de cada dia sermos tocados por Jesus, através deste blog.

    ResponderExcluir