Paróquia Santa Luzia

Paróquia Santa Luzia
...

4 de jun de 2013

A guerra é sempre uma loucura

 L’Osservatore Romano
«A guerra é loucura. É o suicídio da humanidade. É um acto de fé no dinheiro, que para os poderosos da terra é mais importante do que as pessoas». Porque «por detrás de uma guerra sempre  há pecados». Com a sua linguagem simples e directa, o Papa Francisco denunciou a loucura dos conflitos que ensanguentam a humanidade; fê-lo duas vezes no espaço de poucas horas, na manhã de domingo 2 de Junho. Primeiro, ao celebrar a missa com um grupo de militares italianos feridos e familiares dos jovens que deram a vida nas missões de paz; depois no Angelus, com os numerosíssimos fiéis reunidos na praça de São Pedro, aos quais pediu uma oração exactamente pelas vítimas e pelos seus parentes. E a multidão, até àquele momento festiva, aceitou o convite do Pontífice recolhendo-se num longo silêncio.
Durante a oração mariana o Papa expressou também «uma forte e sentida preocupação pela persistência do conflito que já há dois anos inflama a Síria e atinge especialmente a população inerme, que aspira a uma paz na justiça e na compreensão. Esta situação atormentada de guerra – explicou – traz consigo consequências trágicas: morte, destruição, danos económicos e ambientais ingentes, e  também a chaga dos sequestros de pessoas». Eis o «apelo à humanidade dos sequestradores, a fim de que libertem as vítimas».
Enfim, na parte da tarde o Papa presidiu na basílica vaticana à adoração eucarística, contemporaneamente no mundo inteiro, por ocasião do Ano da fé.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário