Paróquia Santa Luzia

Paróquia Santa Luzia
...

30 de jun de 2013

A visita de Francisco a Aparecida: Card. Raymundo revela detalhes

Cidade do Vaticano (RV) – O Arcebispo de Aparecida e Presidente da CNBB, Card. Raymundo Damasceno Assis, esteve esta semana no Vaticano para definir detalhes da visita do Papa Francisco a Aparecida.
Em entrevista concedida a Silvonei José depois da cerimônia na Basílica Vaticana por ocasião da Solenidade dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo, Dom Raymundo confirmou que a Missa será celebrada dentro do Santuário, mas o Papa rezará com os romeiros na praça da Basílica. Confira a declaração de Dom Raymundo:
“Encontrei o Papa na Santa Marta, onde passei esta semana, muito feliz, muito tranquilo e realmente contente com a sua viagem ao Brasil: ao Rio de Janeiro, para a Jornada Mundial da Juventude, e a Aparecida, no Santuário Nacional, onde ele quer manifestar seu amor e sua devoção a Nossa Senhora – invocada no Brasil com o título da Virgem da Conceição Aparecida, que é a Padroeira de todo o nosso país, de todo o nosso povo. O Santo Padre chegará pela manhã, por volta das 10h. A missa será às 10h30 no interior da Basílica. Acabei de conversar com o Santo Padre sobre isso e ele me disse: ‘após a celebração eu irei até a tribuna’, que hoje tem o nome do Papa Bento XVI, para rezar com o povo que estiver acompanhando a missa pelos telões na praça da Basílica, na praça norte, e saudar este povo muito querido, que são os devotos, os romeiros de Nossa Senhora Aparecida. Deste modo, ele não vai ficar distante do povo. Além dessa aproximação que ele vai ter depois da missa na tribuna do Papa Bento XVI, ele vai percorrer o trecho da Basílica até o Seminário no papamóvel e retornará no papamóvel do Seminário até a Basílica, onde ele tomará o helicóptero de volta para o Rio de Janeiro na parte da tarde. O Santo Padre também estará no Seminário, onde vai passar toda a tarde, fará ali sua refeição em companhia da comitiva, dos seminaristas, dos nossos formadores - um almoço, portanto, mais reservado. Deve abençoar uma imagem do Frei Galvão, que nasceu na nossa Arquidiocese, em Guaratinguetá, e esta imagem depois será levada em procissão bem mais tarde, numa época a ser determinada ainda, provavelmente no mês de outubro – na festa de Frei Galvão –, para o local onde será construído o futuro santuário dedicado a este grande santo, o primeiro santo brasileiro. Também receberá no Seminário, para um breve cumprimento, as irmãs dos mosteiros de clausura da nossa Arquidiocese, são três mosteiros. Esta será a programação prevista para o Papa Francisco em Aparecida.”
Antes da Santa Missa, explicou ainda o Card. Raymundo, o Papa passará pela chamada “Capela dos Apóstolos”, onde poderá contemplar a imagem de Nossa Senhora Aparecida, a imagem original. O trono onde fica a imagem é rotatório, o que permitirá que ela se volte para a Capela onde estará o Santo Padre, para fazer a oração de consagração a Nossa Senhora.
“Essa consagração é praticamente a mesma que nós fazemos, com pequenas modificações, de modo que ela se tornará a partir da oração feita pelo Santo Padre a consagração oficial a Nossa Senhora Aparecida – que nós repetiremos depois da sua visita sempre após as missas, e nas consagrações que fazemos do nosso povo a Nossa Senhora Aparecida”, concluiu.
(BF)

Nenhum comentário:

Postar um comentário