Paróquia Santa Luzia

Paróquia Santa Luzia
...

16 de jun de 2013

Segunda-feira da 11ª semana do Tempo Comum

Evangelho - Mt 5,38-42

Eu vos digo: não enfrenteis quem é malvado!

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 
38Ouvistes o que foi dito: 
'Olho por olho e dente por dente!' 
39Eu, porém, vos digo: 
Não enfrenteis quem é malvado! 
Pelo contrário, se alguém te dá um tapa na face direita, 
oferece-lhe também a esquerda! 
40Se alguém quiser abrir um processo 
para tomar a tua túnica, dá-lhe também o manto! 
41Se alguém te forçar a andar um quilômetro, 
caminha dois com ele! 
42Dá a quem te pedir 
e não vires as costas a quem te pede emprestado. 



Comentário do dia Doroteu de Gaza (c. 500-?), monge na Palestina  Instruções, n°1, 6-8; SC 92


«Eu, porém, digo-vos: não oponhais resistência ao mau»
A Lei dizia: «Olho por olho, dente por dente» (Ex 21,24). Mas o Senhor exorta, não somente a receber com paciência o golpe daquele que nos bate numa face, mas também a apresentar-lhe humildemente a outra. Porque o objectivo da Lei era ensinar-nos a não fazermos aquilo que não gostamos que nos façam; ela impedia-nos de fazer mal pelo medo de que no-lo fizessem também. Mas o que agora nos é pedido é que rejeitemos o ódio, o amor ao prazer, o amor à glória e outras tendências nocivas. […]


Cristo ensina-nos, pelos santos mandamentos, a purificarmo-nos das nossas paixões para que elas não nos façam recair nos mesmos pecados. Ele mostra-nos a causa que conduz ao desprezo e à transgressão dos preceitos de Deus, fornecendo-nos o remédio para podermos obedecer e ser salvos.


Qual é então esse remédio e qual é a causa desse desprezo? Escutai o que o próprio Senhor diz: «Aprendei de Mim, que sou manso e humilde de coração e achareis alívio para as vossas almas» (Mt 11,29). Eis que de um modo breve, com uma só palavra, Ele nos mostra a raiz e a causa de todos os males, e o seu remédio, fonte de todos os bens. Mostra-nos que é a elevação do coração que nos faz cair, e que é só é possível obter misericórdia pela disposição contrária, que é a humildade. Com efeito, a elevação engendra o desprezo e a desobediência que leva à morte, enquanto a humildade engendra a obediência e a salvação das almas. Refiro-me à verdadeira humildade, e não a um rebaixamento só de palavras e atitudes; a uma disposição verdadeiramente humilde, no íntimo do coração e do espírito. É por isso que o Senhor diz: «Sou manso e humilde de coração». Que aquele que quer encontrar o verdadeiro alívio para a sua alma aprenda a humildade.



Nenhum comentário:

Postar um comentário