Paróquia Santa Luzia

Paróquia Santa Luzia
...

20 de jun de 2014

India: mãe e filha queimadas vivas

foto DIBYANGSHU SARKAR/AFP

Nova Déli (RV) - Uma jovem e sua filha morreram queimadas vivas pelo marido e por três parentes por não pagarem um dote matrimonial de 200 mil rúpias e uma moto, informou nesta quinta-feira a imprensa local. O fato ocorreu na terça-feira na cidade de Khananka, no Estado de Uttar Pradesh, quando o marido, os sogros e um cunhado da mulher, que se chamava Shanno e tinha 22 anos, a queimaram viva, disse um porta-voz policial ao jornal "Times of India". 

A filha, que dormia perto da mãe, também morreu queimada e ontem foram detidos os quatro assassinos, que confessaram o crime e aparentemente torturavam a mulher desde o casamento, realizado há mais de um ano, para que pagasse o dote, assegurou a fonte. Na Índia, as mulheres são obrigadas a pagar ao noivo e a sua família um dote, prática proibida por lei mas que ganhou força com a modernidade e o consumismo e cada vez se exigem valores mais altos, que podem incluir carros e até imóveis. 

Segundo dados da Fundação Vicente Ferrer, entre 25 mil e 100 mil mulheres são assassinadas na Índia a cada ano por causa do dote. O custo das cerimônias nupciais é muito alto e, de um ponto de vista legal e social, a noiva passa a ser parte (propriedade) da família do cônjuge. (SP-EFE)


Texto proveniente do site da Rádio Vaticano 

Nenhum comentário:

Postar um comentário