Paróquia Santa Luzia

Paróquia Santa Luzia
...

6 de mar de 2012

Retiro Espiritual de Quaresma (IX)



RUMO À PÁSCOA DO SENHOR...


6 DE MARÇO - NONO DIA
Oração Inicial:
- Ao Espírito Santo
Divino Espírito Santo dai-me um coração grande aberto à Vossa silenciosa e forte palavra inspiradora; fechado a todas as ambições mesquinhas; alheio a qualquer desprezível competição humana; compenetrado do sentido da Santa Igreja! Um coração grande e desejoso de se tornar semelhante ao Coração do Senhor Jesus! Um coração grande e forte para amar a todos, para servir a todos, para sofrer por todos! Um coração grande e forte para superar todas as provações, todo o tédio, todo o cansaço, toda a desilusão, toda a ofensa! Um coração grande, forte e constante até o sacrifício, quando for necessário! Um coração, cuja felicidade é palpitar com o Coração de Cristo e cumprir humilde, fiel e virilmente a Vontade Divina.  Amém!  (Papa Paulo VI)

OFERECIMENTO

Oferecemos, ó Bom Jesus, este momento de oração em honra de seu precioso sangue derramado na cruz. Conceda-nos a graça de nunca nos afastarmos de vós. Pedimos que este retiro sirva para nossa conversão pessoal e a de muitos outros irmãos e irmãs, especialmente aqueles que estão afastados de vossa presença. Oferecemos também pelos pastores da nossa Igreja. Que eles tenham forças para superar todas as dificuldades e que se mantenham firmes na sublime vocação que receberam. Mantenha Senhor, em nós o desejo ardente de sempre estar na tua presença e que nós sejamos fiéis a ti, para proclamarmos o vosso nome em todos os lugares e situações. Amém. (Pe Elenivaldo)


Leitura bíblica:  Tg 2, 14.17-18
14 De que aproveitará, irmãos, a alguém dizer que tem fé, se não tiver obras? Acaso esta fé poderá salvá-lo? 17 Assim também a fé: se não tiver obras, é morta em si mesma.18 Mas alguém dirá: Tu tens fé, e eu tenho obras. Mostra-me a tua fé sem obras e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras.



Meditação: Propomos à meditação do nosso retiro, neste nono dia, o famoso trecho de São Tiago. A fé, verdadeira e séria sempre levará o crente a praticar as obras. Isso acontece porque fé é uma questão de amor e quem ama tem a necessidade de se expor, de dizer que ama. E a mais bela maneira de "dizer" que amamos é "fazendo". Assim, nossas obras precisam ser consequência do amor que temos por Deus. Amando, Jesus foi ao extremo realizando a mais completa obra que alguém poderia praticar: sua morte na cruz. Afinal, "ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida por seus amigos".)





Recortes: Contam de uma alma que ao dizer ao Senhor na oração: "Jesus, amo-Te", ouviu esta resposta do Céu: "Obras é que são amores, e não boas palavras". (S. Josemaría Escrivá. Caminho, 933)
Preces:
1. Cristo, Salvador do mundo, que anunciastes às santas mulheres e aos apóstolos a alegria da ressurreição, fazei-nos testemunhas do vosso triunfo pascal para o qual nos preparamos neste retiro.
2. Senhor Jesus, que nossa fé não seja infértil, mas que ela manifeste em nossas obras o poder de seu nome em nossa vida.
3. Cristo, que prometestes permanecer com os vossos discípulos até o fim do mundo, ficai conosco hoje e sempre.




Pai nosso

Ave Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário