Paróquia Santa Luzia

Paróquia Santa Luzia
...

10 de mar de 2012

Retiro Espiritual de Quaresma (XIV)


RUMO À PÁSCOA DO SENHOR
11 DE MARÇO - DÉCIMO QUARTO DIA

Oração Inicial:
- Ao Espírito Santo

Divino Espírito Santo dai-me um coração grande aberto à Vossa silenciosa e forte palavra inspiradora; fechado a todas as ambições mesquinhas; alheio a qualquer desprezível competição humana; compenetrado do sentido da Santa Igreja! Um coração grande e desejoso de se tornar semelhante ao Coração do Senhor Jesus! Um coração grande e forte para amar a todos, para servir a todos, para sofrer por todos! Um coração grande e forte para superar todas as provações, todo o tédio, todo o cansaço, toda a desilusão, toda a ofensa! Um coração grande, forte e constante até o sacrifício, quando for necessário! Um coração, cuja felicidade é palpitar com o Coração de Cristo e cumprir humilde, fiel e virilmente a Vontade Divina.Amém! (Papa Paulo VI)

OFERECIMENTO
Oferecemos, ó Bom Jesus, este momento de oração em honra de seu precioso sangue derramado na cruz. Conceda-nos a graça de nunca nos afastarmos de vós. Pedimos que este retiro sirva para nossa conversão pessoal e a de muitos outros irmãos e irmãs, especialmente aqueles que estão afastados de vossa presença. Oferecemos também pelos pastores da nossa Igreja. Que eles tenham forças para superar todas as dificuldades e que se mantenham firmes na sublime vocação que receberam. Mantenha Senhor, em nós o desejo ardente de sempre estar na tua presença e que nós sejamos fiéis a ti, para proclamarmos o vosso nome em todos os lugares e situações. Amém.(Pe Elenivaldo)

Leitura bíblica: Is 1, 16-18
16 Lavem-se, purifiquem-se, tirem da minha vista as maldades que vocês praticam. Parem de fazer o mal, 17 aprendam a fazer o bem: busquem o direito, socorram o oprimido, façam justiça ao órfão, defendam a causa da viúva. 18 Então venham e discutiremos - diz o Senhor. Ainda que seus pecados sejam vermelhos como púrpura, ficarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como escarlate, ficarão como a lã.

Meditação: O convite que sai do coração de Deus é, ao mesmo tempo, como lamento e súplica que, através da palavra do profeta, faz ressoar o desejo íntimo o desejo ardente do Pai que aguarda o filho livre de todo jugo, das faltas cometidas e pronto para o abraço de perdão. O sacramento da reconciliação é o meio mais sublime para se fazer pequeno diante da grandeza de Deus.

Preces:
1. Jesus, manso e humilde de coração, revesti-nos de sentimentos de mansidão e humildade, para que possamos reconhecer nossa pequenez e confessar os nossos pecados.
2. Senhor, que durante este tempo quaresmal aprendamos a viver toda a nossa vida como pessoas que vos reconhecem nos pequenos e desvalidos.
3. Sede misericordioso para com todos os que partiram desta vida, e acolhei-os na luz da vossa face.

RECORTES: “Motivos para a penitência? Desagravo, reparação, petição, ação de graças; meio para progredir...; por ti, por mim, pelos outros, pela tua família, pelo teu país, pela Igreja... E mil motivos mais” (Josemaría Escrivá, Caminho, n. 232)

Pai nosso
Ave Maria

Oração do dia: Ó Deus, que pelos exercícios da Quaresma já nos dais na terra participar dos bens do céu, guiai-nos de tal modo nesta vida, que possamos chegar à luz em habitais. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário