Paróquia Santa Luzia

Paróquia Santa Luzia
...

23 de mar de 2012

Retiro Espiritual de Quaresma (XXVI)


RUMO À PÁSCOA DO SENHOR
23 DE MARÇO - VIGÉSIMO SEXTO DIA

Oração Inicial
Divino Espírito Santo dai-me um coração grande aberto à Vossa silenciosa e forte palavra inspiradora; fechado a todas as ambições mesquinhas; alheio a qualquer desprezível competição humana; compenetrado do sentido da Santa Igreja! Um coração grande e desejoso de se tornar semelhante ao Coração do Senhor Jesus! Um coração grande e forte para amar a todos, para servir a todos, para sofrer por todos! Um coração grande e forte para superar todas as provações, todo o tédio, todo o cansaço, toda a desilusão, toda a ofensa! Um coração grande, forte e constante até o sacrifício, quando for necessário! Um coração, cuja felicidade é palpitar com o Coração de Cristo e cumprir humilde, fiel e virilmente a Vontade Divina.Amém! (Papa Paulo VI)
 
OFERECIMENTO Oferecemos, ó Bom Jesus, este momento de oração em honra de seu precioso sangue derramado na cruz. Conceda-nos a graça de nunca nos afastarmos de vós. Pedimos que este retiro sirva para nossa conversão pessoal e a de muitos outros irmãos e irmãs, especialmente aqueles que estão afastados de vossa presença. Oferecemos também pelos pastores da nossa Igreja. Que eles tenham forças para superar todas as dificuldades e que se mantenham firmes na sublime vocação que receberam. Mantenha Senhor, em nós o desejo ardente de sempre estar na tua presença e que nós sejamos fiéis a ti, para proclamarmos o vosso nome em todos os lugares e situações. Amém. (Pe Elenivaldo)
Leitura Bíblica: Ap 3,19-20

19 Quanto a mim, repreendo e educo todos aqueles que amo. Portanto, seja fervoroso e mude de vida! 20 Já estou chegando e batendo à porta. Quem ouvir minha voz e abrir a porta, eu entro em sua casa e janto com ele, e ele comigo.

Meditação: “Na sua atividade messiânica no meio de Israel, Cristo aproximou-se incessantemente do mundo do sofrimento humano. Passou fazendo o bem (At 10, 38), e essa sua forma de agir exercia-se principalmente com os doentes e com os que esperavam a sua ajuda. Curava os doentes, consolava os aflitos, alimentava os famintos, livrava os homens da surdez, da cegueira, da lepra, do demônio e de diversas incapacidades físicas; três vezes devolveu a vida aos mortos. Era sensível a todo o sofrimento humano, tanto do corpo como da alma. Ao mesmo tempo instruía, colocando no centro dos seus ensinamentos as oito bem-aventuranças, que se dirigem aos homens provados por diversos sofrimentona sua vida temporal”. ( João Paulo II, Carta Apost. Salvifici doloris, 1984)

Preces:
1. Ajudai-nos a conservar sem mancha os nossos corpos, para que sejam dignas moradas do Espírito Santo.

2. Renovai nossas comunidades, para que saibam acolher e promover a participação efetiva da pessoa com deficiência na Igreja.

3. Que as nossas famílias possam, a exemplo da Sagrada Família de Nazaré, seguir os passos de Deus que nos convida ao amor mutuo e oração em família.

4. Fazei Senhor, com que sejamos fiéis à vossa Palavra para que possamos um dia, cear contigo na morada eterna. 

Pai nosso
Ave Maria
Oração do dia: Ó Deus, na vossa misericórdia, dirigi os nosso corações, pois sem vosso auxílio não vos podemos agradar. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário