Paróquia Santa Luzia

Paróquia Santa Luzia
...

30 de mar de 2012

Retiro Espiritual de Quaresma (XXXIV)


RUMO À PÁSCOA DO SENHOR
31 DE MARÇO - TRIGÉSIMO QUARTO DIA

Oração Inicial

Divino Espírito Santo dai-me um coração grande aberto à Vossa silenciosa e forte palavra inspiradora; fechado a todas as ambições mesquinhas; alheio a qualquer desprezível competição humana; compenetrado do sentido da Santa Igreja! Um coração grande e desejoso de se tornar semelhante ao Coração do Senhor Jesus! Um coração grande e forte para amar a todos, para servir a todos, para sofrer por todos! Um coração grande e forte para superar todas as provações, todo o tédio, todo o cansaço, toda a desilusão, toda a ofensa! Um coração grande, forte e constante até o sacrifício, quando for necessário! Um coração, cuja felicidade é palpitar com o Coração de Cristo e cumprir humilde, fiel e virilmente a Vontade Divina.Amém! (Papa Paulo VI)

OFERECIMENTO Oferecemos, ó Bom Jesus, este momento de oração em honra de seu precioso sangue derramado na cruz. Conceda-nos a graça de nunca nos afastarmos de vós. Pedimos que este retiro sirva para nossa conversão pessoal e a de muitos outros irmãos e irmãs, especialmente aqueles que estão afastados de vossa presença. Oferecemos também pelos pastores da nossa Igreja. Que eles tenham forças para superar todas as dificuldades e que se mantenham firmes na sublime vocação que receberam. Mantenha Senhor, em nós o desejo ardente de sempre estar na tua presença e que nós sejamos fiéis a ti, para proclamarmos o vosso nome em todos os lugares e situações. Amém. (Pe Elenivaldo)




Leitura Bíblica: Ezequiel 37,21-28
21Assim diz o Senhor Deus: “Eu mesmo vou tomar os israelitas do meio das nações para onde foram, vou recolhê-los de toda parte e reconduzi-los para a sua terra.
22Farei deles uma nação única no país, nos montes de Israel, e apenas um rei reinará sobre todos eles. Nunca mais formarão duas nações, nem tornarão a dividir-se em dois reinos. 23Não se mancharão mais com os seus ídolos e nunca mais cometerão infames abominações. Eu os libertarei de todo o pecado que cometeram em sua infidelidade, e os purificarei. Eles serão o meu povo e eu serei o seu Deus.
24Meu servo Davi reinará sobre eles, e haverá para todos eles um único pastor. Viverão segundo meus preceitos e guardarão minhas leis, pondo-as em prática. 25Habitarão no país que dei a meu servo Jacó, onde moraram vossos pais; ali habitarão para sempre, também eles, com seus filhos e netos, e o meu servo Davi será o seu príncipe para sempre.
26Farei com eles uma aliança de paz, será uma aliança eterna. Eu os estabelecerei e multiplicarei, e no meio deles porei meu santuário para sempre. 27Minha morada estará junto deles. Eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. 28Assim as nações saberão que eu, o Senhor, santifico Israel, por estar o meu santuário no meio deles para sempre”. 
Meditação:Por muito grandes que sejam os nossos pecados, o Senhor espera-nos sempre para nos perdoar, e conta com a fraqueza humana, com os defeitos e os erros. Está sempre disposto a chamar-nos amigos, a dar-nos as graças necessárias para continuarmos em frente, se há sinceridade de vida e desejos de lutar. Ante o aparente fracasso de muitas das nossas tentativas, devemos lembrar-nos de que Deus não nos pede tanto o êxito, mas a humildade de recomeçar, sem nos deixarmos levar pelo desalento e pelo pessimismo, pondo em prática a virtude teologal da esperança. (Francisco F. Carvajal. Falar com Deus)

Nenhum comentário:

Postar um comentário